RSS

Arquivo diário: 1 de maio de 2011

Dia do trabalho

Meus parabéns aos trabalhadores e trabalhadoras que, juntos, diariamente, constroem à revelia de suas vontades este mundo maluco.

Não nos esqueçamos daqueles e daquelas que no passado pagaram com suas vidas para que neste momento histórico possamos nos dar ao luxo de deixar escorrer por nossos dedos os parcos direitos trabalhistas que por eles foram consquistados.

E que tomemos consciência de que o mundo do trabalho deve ser o mundo daqueles que trabalham.

Acesse a letra do poema clicando aqui!

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de maio de 2011 em Uncategorized

 

A beatificação do Papa Pop

Dá pra acreditar que “a festa” do Príncipe Willian está sendo ofuscada pela beatificação do Papa Pop, o João Paulo II?

Tudo bem que a Santa Madre Igreja está com pressa e precisa canonizar o homem antes que a memória popular dele se esqueça, mas poxa! convenhamos que dez dias a mais, ou dez dias a menos não iam fazer tannnnta diferença!! Foi falha na agenda do Vaticano ou da Coroa Britânica. Eventos com essa proporção costumam merecer ao menos uma semana de massificação nos canais de comunicação. Pensa que é fácil criar notícia?

Mas voltemos ao tema proposto. Tenho impressão de que a Igreja tem pressa de canonizar João Paulo II porque o cara realmente  foi transformado no Papa mais Popular da história e que, por esse motivo, nem uma outra imagem tem tanto poder quanto a sua para ajudar a Santa Madre Igreja a minorar sua crise em relação ao número de fiéis e, principalmente, de sacerdotes.

Claro que ele não se transformou numa figura pop por um acaso. Foi o primeiro Papa a ter à sua disposição os canais de comunicação agindo mundialmente em forma de rede e a seu favor (mas convenhamos o Ratinzger, mesmo com a imprensa toda, não se ajuda, é igual ao Serra … rs.).

Mas por que será que João Paulo II se transformou numa figura tão popular? Eu arriscaria dizer que é porque, de fato, o cara tinha carisma, era inteligente e teve uma biografia bastante marcante: levou um tiro, passou boa parte da vida adoentado, enfim, foi transformado num símbolo de sofrimento e resignação.

Mas claro que se tivesse afrontado a burguesia, hoje não gozaria dessa imagem imaculada e santificada que lhe imputaram os homens que escrevem a história.

Neste dia tão especial, em que celebram a sua beatificação , é importante lembrar que João Paulo II,  foi um grande aliado da burguesia na execução do projeto neoliberal que tem excluído, matado e fragilizado um enorme contingente de indivíduos em todo mundo, e esta um dos principais motivos para que hoje sua imagem goze de tanto prestígio dos grandes canais de comunicação.

Ao celebrar a beatificação do “Santo Padre” não nos esqueçamos que ele, com o auxílio do então Cardeal Ratzinger, enfraqueceu e quase eliminou a Teologia da Libertação, movimento que, apesar de seus limites, demonstrou ter um grande potencial de mobilização popular para a participação política.

 
2 Comentários

Publicado por em 1 de maio de 2011 em Uncategorized

 

Tags: ,

Vem pra festa na casa da Rainha!

Olá pessoal!

Eis a notícia eleita pela mídia elitista para ser o “fato da semana”: O Casamento Real!

A princípio, quando percebi o rebuliço saudosista da vassalagem, achei que o caso não tomaria tamanha proporção. Depois passei a me sentir um pouco incomodado ao passar em frente à TV, às bancas de jornais, ao ligar o rádio, ao abrir a Internet, e me deparar sempre com o mesmo assunto.

Eu não devia me surpreender. Afinal, não é  nada além do que a gente já se acostumou a ver toda semana: dezenas de canais de comunicação reproduzindo o mesmo “lixo”, como se não tivesse notícia decente pra “inventar”.

Ando pensando que eu preciso saber mais sobre Psicologia social. As leituras que tenho sobre ideologia, indústria cultural e ideologia na era da comunicação de massa parecem não ser suficientes para evitar algumas surpresas. A maior delas, em relação ao Casamento Real, se deu na sexta de manhã, quando uma pessoa do meu convívio pediu que eu ligasse a tv na “Globo” pra ver “o casamento”. E eu perguntei: que casamento?

E a resposta veio em forma de repreensão: “o do príncipe, claro, não se fala em outra coisa!”

E aí comecei a pensar ( novamente) no poder que as mídias de massa exercem sobre as chamadas camadas populares.

Que interesse despertaria um casamento naquela família decadente, não fosse a imprensa transformar isso em notícia?

Afinal, o que é a Família Real Britânica? não é só um amontado de gente que  parasita o povo britânico? (clique aqui para saber quanto custa manter a família real).

Não é só uma família que se safou de ser defenestrada do poder em função da covardia ou da incompetência da burguesia inglesa que não conseguiu, a exemplo da burguesia Francesa, enterrar nas páginas da história este símbolo remanescente do mundo medieval?

Qual a função daquela família senão manter vivos os tablóides ingleses que sobrevivem às custas de seus  “escândalos” ?

Fico pensando… como é importante a democratização efetiva dos meios de comunicação. Quanta coisa bacana poderia ser notícia e formar, instruir e conscientizar a população…

Alguns podem dizer: “mas o povo não quer saber de coisa importante. O povo quer pão e circo!”

Pode até ser, mas as experiências que tenho em sala de aula me mostram que quando utilizamos os recursos da grande mídia – com os quais a população está acostumada –  a exemplo de filmes, documentários e imagens, é muito fácil conquistar a atenção das pessoas para assuntos realmente importantes e suscitar nelas um pensamento mais reflexivo e mais crítico.

É nessas horas que penso na importância de insistirmos na necessidade de promover um debate sério e vigoroso acerca da democratização dos meios de comunicação.

Me parece que é muito difícil construir um mundo mais justo e democrático enquanto as “mass media” continuar manipulando o pensar, o ser e o agir dos indivíduos.

Por isso, engrosso o coro repetido incansavelmente pelo jornalista Paulo Henrique Amorim: “Lei de Médios já!”

Mas enquanto a “Lei de Médios” não acontece, assista hoje no Fantástico todos os detalhes sobre O casamento do Príncipe Willian. E amanhã, não deixe de contribuir com a Veja adquindo o seu exemplar da revista que nesta semana traz um especial com o título “A princesa encantada”. Dá pra acreditar???

E viva a Vassalagem!!!!

 
2 Comentários

Publicado por em 1 de maio de 2011 em Uncategorized

 

Tags: , , ,