RSS

Arquivo da tag: Canonização

A beatificação do Papa Pop

Dá pra acreditar que “a festa” do Príncipe Willian está sendo ofuscada pela beatificação do Papa Pop, o João Paulo II?

Tudo bem que a Santa Madre Igreja está com pressa e precisa canonizar o homem antes que a memória popular dele se esqueça, mas poxa! convenhamos que dez dias a mais, ou dez dias a menos não iam fazer tannnnta diferença!! Foi falha na agenda do Vaticano ou da Coroa Britânica. Eventos com essa proporção costumam merecer ao menos uma semana de massificação nos canais de comunicação. Pensa que é fácil criar notícia?

Mas voltemos ao tema proposto. Tenho impressão de que a Igreja tem pressa de canonizar João Paulo II porque o cara realmente  foi transformado no Papa mais Popular da história e que, por esse motivo, nem uma outra imagem tem tanto poder quanto a sua para ajudar a Santa Madre Igreja a minorar sua crise em relação ao número de fiéis e, principalmente, de sacerdotes.

Claro que ele não se transformou numa figura pop por um acaso. Foi o primeiro Papa a ter à sua disposição os canais de comunicação agindo mundialmente em forma de rede e a seu favor (mas convenhamos o Ratinzger, mesmo com a imprensa toda, não se ajuda, é igual ao Serra … rs.).

Mas por que será que João Paulo II se transformou numa figura tão popular? Eu arriscaria dizer que é porque, de fato, o cara tinha carisma, era inteligente e teve uma biografia bastante marcante: levou um tiro, passou boa parte da vida adoentado, enfim, foi transformado num símbolo de sofrimento e resignação.

Mas claro que se tivesse afrontado a burguesia, hoje não gozaria dessa imagem imaculada e santificada que lhe imputaram os homens que escrevem a história.

Neste dia tão especial, em que celebram a sua beatificação , é importante lembrar que João Paulo II,  foi um grande aliado da burguesia na execução do projeto neoliberal que tem excluído, matado e fragilizado um enorme contingente de indivíduos em todo mundo, e esta um dos principais motivos para que hoje sua imagem goze de tanto prestígio dos grandes canais de comunicação.

Ao celebrar a beatificação do “Santo Padre” não nos esqueçamos que ele, com o auxílio do então Cardeal Ratzinger, enfraqueceu e quase eliminou a Teologia da Libertação, movimento que, apesar de seus limites, demonstrou ter um grande potencial de mobilização popular para a participação política.

 
2 Comentários

Publicado por em 1 de maio de 2011 em Uncategorized

 

Tags: ,